domingo, 24 de junho de 2012

Eu sou a unica capaz de conviver comigo


Eu vou ouvir musicas que você não gosta, vou ler textos que você acha entendiante, vou ser mal compreendida, me sentir menos importante, vou me irritar e chorar a toa, querer companhia e logo depois querer ficar sozinha, vou me calar mesmo com vontade de gritar. Meus gostos estranhos e minha bipolaridade irritam eu sei, então se eu me isolar é apenas a minha forma de não incomodar porque também sei que não sou uma companhia muito agradável. Mas não importa eu até acho que gosto de mim assim, não precisa me entender e muito menos amar meus defeitos, me acostumei com incompatibilidades.