sexta-feira, 22 de junho de 2012

Falar para que?



Hei, não fique achando que a culpa é sua por eu nem sempre estar feliz, não sinta nada, isso de sentir demais é coisa minha, não fique pensando que quando eu me afasto de tudo é porque eu quero me afastar de você. É que eu sinto saudades de mim, de me trancar no meu mundinho de musicas e textos tristes, aqueles textos que você acha que fazem a minha cabeça. Também não fique pensando que todas as marcas que tenho no corpo são por sua causa ou por causa de alguém, quando na verdade a maioria delas são por minha causa. Você não sabe mais eu tenho medos bobos que eu não conto para ninguém, nem para você, não quero te encher com os meus dramas pois sei que você não entenderia nenhum deles, até mesmo porque você não me conhece quando estou sozinha, você não sabe como eu sou quando ninguém esta por perto, você não sabe o que eu sinto quando me olho no espelho ou quando eu acordo no meio da noite. Não estou mentindo e nem escondendo nada, mas uma vez isso é coisa minha e não sua, você não precisa saber, não precisa entender.