domingo, 17 de junho de 2012

Nosso sangue ainda nos torna ligados


É estranho a forma com que eu consigo sentir exatamente o que você sente, suas dores, suas mágoas, sua solidão, apesar de toda essa distancia e de tudo que ficou entre nós, eu não consigo deixar de sentir, você está na minha corrente sanguínea. Eu nem preciso te ver para saber como você está, quando você não está bem meu coração palpita, quando você chora eu sinto um nó na garganta. E de repente sou invadida por uma tristeza que não é minha, ela vem de você, então eu choro lágrimas que também não são minhas, eu perco a vontade de fazer qualquer coisa. Sentir suas dores não é tão ruim quanto saber que eu não posso te ajudar.

''Sei como você se sente por dentro
Eu já estive lá antes''