sexta-feira, 22 de junho de 2012

Tudo isso eu devo ao cansaço


Me permiti sofrer e percebi que o sofrimento já não existia. É eu cansei. Eu avisei que esse dia iria chegar, o dia em que eu não teria mais vontade de te atender, de te procurar e perguntar para os seus amigos onde você tá e se você vai aparecer. Foi se esse tempo em que eu me preocupava com você, onde eu me sentia culpada ao te ver fazendo coisas erradas e me sentia mal quando te via chorando. Eu cansei de você e de tudo que é seu, eu não durmo mais com a sua camiseta, não visito suas redes sociais, não olho meu celular a cada minuto para ver se tem mensagem sua, não me importo se você tem outra garota. Porque eu sei que qualquer uma que você encontre não será igual a mim, nenhuma vai fazer por você tudo que eu já fiz e quis fazer mas o tempo não permitiu. Cansei das mentiras, de todas as palavras ruins que você dizia para me atingir e de todas as suas tentativas de me derrubar. Depois de tantos anos tendo medo de você, medo que você me deixasse, medo que você me esquecesse, medo das suas ameaças, medo de não conseguir ficar sem você, todos esses medos se transformaram em um pequeno ódio. Calma, eu não te odeio, eu disse pequeno ódio mas é o suficiente para não te querer mais na minha vida. Pode ir agora eu já consigo dormir sem chorar, aliás desde que te mandei embora pela ultima vez eu não derrubei nenhuma lágrima sequer. Eu esgotei de tanta dor e pela primeira vez em muito tempo, estou feliz sem você.