domingo, 10 de junho de 2012

“Um dia de monja, um dia de puta, um dia de Joplin, um dia de Tereza de Calcuta”


[Caio A.]
Cansa ser boazinha quando ninguém acredita em você, deu vontade de voltar, jogar tudo para alto, comprar uma garrafa de vinho no mercadinho da esquina, colocar o short curto que mofa na ultima gaveta do guarda-roupa, deixar de ser a santinha sem sal que ninguém olha, como diria Marilyn Monroe ''Mulheres comportadas, raramente fazem historia''. Voltar as antigas noitadas aonde eu não me sentia abandonada, esperar o sol raiar com algum louco qualquer, ficar de ressaca e depois tomar um banho gelado. E nem venha com a mesma histórinha de que eu sou nova demais para me auto destruir, gente que fica querendo me dizer o que é certo ou errado me dá enjoou, e olha que eu ainda nem estou bêbada, estou sóbria o suficiente para saber que isso é só angustia reprimida dentro do peito.