sexta-feira, 31 de julho de 2015

...

Na verdade, queria dizer que odeio você. Odeio ficar te esperando, e odeio mais ainda como eu fico melhor quando eu te escuto chegar. Eu odeio quando não sou o principal motivo da sua atenção, o quanto Gran Torino parece ser mais importante do que eu, pois você fica falando e falando sobre esse caro o dia todo, todo dia é mesmo sendo totalmente entediante, eu não consigo parar de prestar atenção nas coisas que você diz. Odeio o quanto você consegue me deixar irritada e como você consegue mudar isso em frações de segundos. Eu odeio ter esses lapsos de nervos com você, mas é que nossa... Você tem o dom de ser o cara mais irritante do mundo, mas é o único que consegue fazer com que fique tudo bem, com que eu fique bem.


P.S. Odeio que ele esteja do meu lado agora, falando um monte de baboseiras e por isso eu não consegui definir o titulo da postagem.