sexta-feira, 25 de março de 2016

Não é esquecer. E sim deixar de querer.

Depois de um tempo você enxerga que não existe reza, pai de santo, Deus ou promessa forte o bastante para trazer você de volta. Você entende que não existe nenhuma bebida, nenhum calmante ou qualquer coisa ilícita, que vai desviar o meu pensamento de toda a dor que a sua ausência me causou. Você percebe que tudo isso não passa de auto destruição desnecessária e sem resultado. Você aceita que não existe roupa curta, batom vermelho ou qualquer outra porcaria que essas garotas que você gosta usa, não vai me fazer boa o suficiente para ti. Você compreende que qualquer frase bonita, criada ou copiada, indireta ou conversa vai te fazer entender o quanto eu ainda sinto. Você se dá conta que o gasto de energia de esperar vai além da sua capacidade ou paciência. Enfim você entende, depois de tantos dias longe e de noites que pareciam não ter fim; que acabou e ponto final.

Ao som de: Say Something