terça-feira, 8 de março de 2016

Não me deixe desistir de nós.

Meus amigos tão cansados das minhas frases feitas, dos meus cantos tristes e das minhas manhãs de ressaca, disseram que eu preciso arrumar alguém apenas para sexo, outro disse que eu tenho que me apaixonar de novo, você dizia que eu precisava de Deus, mas eu digo que eu preciso de você.
Eu preciso do seu mal humor aos domingos, da sua pele macia, do seu resmungo, do seu beijo, de cada pedaçinho seu, seja bom ou ruim. Eu preciso retomar a minha vida, a nossa vida, a nossa rotina, porque o que ainda me prende e ao mesmo tempo me destrói, é a esperança. Eu acredito de uma forma absurda que ainda pode dar certo, eu espero todos os dias que você perceba que ninguém vai te amar como eu amei e ainda amo. Então você vai engolir seu maldito orgulho e entrar no meu quarto sem bater ou chamar como você sempre fazia, vai sentar na minha cama e desviar o seu olhar, em seguida vai dizer pela trigésima vez que precisa de mim e dessa vez iria ser verdade.


Ao som de: Slash - Gotten